Justiça suspende divulgação de pesquisas em dois jornais na Paraíba

Pesquisas dos Instituros Ipespe e Souza Lopes foram suspensas

A juíza auxiliar da propaganda eleitoral, Niliane Meira Lima, determinou em duas decisões a suspensão na divulgação de duas pesquisas, de dois institutos diferentes, que foram publicas por jornais no Estado da Paraíba. As pesquisas suspensas foram a do Instituto Ipespe divulgada pelo Jornal da Paraíba e a do Instituto Souza Lopes, divulgada pelo Jornal Correio da Paraíba.
Como as pesquisa já foram divulgas, o juíza pede que os jornais publiquem notas na capa informando da decisão. “Determino que a EditoraJornal da Paraíba insira na edição do Jornal da Paraíba da edição de 18/08/2014 (segunda-feira) nota de capa, com mesma fonte padrão das demais notícias, informando ao leitor a suspensão da veiculação da pesquisa eleitoral 0016/2014, tratada no jornal de 16/08/2014”, diz a setença.

A alegação de Leo Cigano do Povo é a existência de várias irregularidades no decorrer da pesquisa, tais como, a falta de registro obrigatório de informações exigidas pela resolução 23.400 do TSE, que determina o registro do preço de mercado da pesquisa, além da identificação dos bairros e municípios pesquisados.

Assessoria
Do Wscom