Promotor denuncia na Record que PM’s teriam estuprado e matado Rebeca

"Nomes aponto de forma clara, sem tergiversão, e estão dentro da Policia Militar", afirma Marinho Mendes
Foto: Arquivo
Estudante Rebeca Cristina, morta em 2011
O promotor Marinho Mendes gravou nesta sexta-feira (8) matéria para o programa Cidade Alerta, da Rede Record/Tv Correio HD, pedindo ao governador Ricardo Coutinho que determine o fechamento do Caso Rebecajunto com o indiciamento dos suspeitos, que, segundo ele, são policias militares.


Marinho Mendes antecipou também que caso o Estado não tome providencias indiciando os suspeitos, ele levará o caso para a Corte Interamericana de Direitos Humanos. Mendes afirmou que não entende o motivo de não obter respostas por parte do governo. “Não entendo os motivos pelos quais um governo não responde, não ouve nem atende aqueles que só querem o bem da Paraíba, com a apuração de casos que calaram fundo na consciência pública”, afirmou.

Mendes reafirmou ter certeza sobre os autores do estupro e assassinato na estudante Rebeca Cristina. "Nomes aponto de forma clara, sem tergiversão, e estão dentro da Policia Militar”, concluiu