Servidores de saúde de Santa Rita vão às ruas protestar contra a falta de pagamento

O prefeito Reginaldo Pereira enfrenta nesta segunda-feira (5) o primeiro ato de protesto do funcionalismo desde que retomou o mandato em dezembro do ano passado. O Sindicato dos Servidores Municipais de Santa Rita (Sinfesa) convocou a categoria para um ato de protesto para cobrar, em praça pública, o pagamento do 13º salário.

A passeata sairá da sede do sindicato, após assembleia, em direção à Secretaria Municipal de Administração, onde haverá um ato em defesa dos servidores e de cobrança do repasse do salário em atraso.

A concentração para o ato é às 9h, na rua Juarez Távora, no centro da cidade.

Em nota à imprensa, a Prefeitura de Santa Rita alega que está com verbas bloqueadas pelo Tribunal de Contas do Estado e que o prefeito Reginaldo Pereira está resolvendo as pendências para normalizar os pagamentos até o quinto dia útil de janeiro.

Segundo a assessoria de comunicação da gestão, o ex-prefeito da cidade, Netinho, teria deixado várias irregularidades que comprometeram o orçamento do Município.

A assessoria finalizou dizendo que vai convocar os profissionais da Saúde para uma reunião, na qual será debatido o problema.

clickpb.com.br