Denuncia: Senhora de 75 anos não consegue atendimento na UPA(24H) de Piancó.

Imagem do arquivo do Piancó1
A senhora Josefa Fernandes da Silva, de 75 anos, procurou a Unidade de Pronto Atendimento UPA (24h) de Piancó, localizado no bairro Piancozinho, hoje por volta de uma da manhã(1:h), para ser atendida por causa que a mesma estava sentindo muitas dores em todo corpo.

Segundo dona Josefa, ela e sua filha ao chegar na UPA(24h), viu que o portão da frente estava com o cadeado trancado, mais, bateram, chamaram, e ninguém chegou para a tender.
A pós horas chamando a mesma com fortes dores no corpo, pede a sua filha para ligar para o SAMU, assim fizeram, segundo dona Josefa, a atendente do SAMU, passa a ligação para a medica de plantão, mais a medica disse que só poderia atender urgência, a filha da senhora de 75 anos perguntou, o que era urgência? por que minha mãe está com muitas dores no corpo todo e ele tem 75 anos.

Não conseguindo ajuda do SAMU, a filha de dona Josefa, resolve ligar para a polícia, pedindo ajuda, o policial pede a ela que bata nas portas até que apareça uma pessoa, não restando outra alternativa, mãe e filha, já depois das 3:00h, da manhã, resolve chamar outras vezes mais como das primeiras vezes, sem resultado, começaram a fazer rodeio na UPA, até que encontra uma porta aberta na parte de traz, entram na UPA, andam pelo corredor até chegar a recepção da unidade de pronto atendimento, mais não ver ninguém, depois de começar a chamar de dentro do unidade, aparece uma enfermeira, a filha de dona Josefa, pergunta tem médico? A enfermeira fala que tem mais ele não atende por que a UPA, não tem medicamentos, daí a filha de dona Josefa pergunta, mais não tem farmácia para vender? Mesmo assim a senhora Josefa Fernandes da Silva, de 75 anos, não foi atendida.

Já próximo das quatro horas da manhã(4:00h), a filha de dona Josefa, resolve chamar um vizinho que tem carro e mora no mesmo bairro Piancozinho, e na mesma rua João Rufino de Lima e pede para que ele leve sua mãe até o hospital, pois sua mãe está com muitas dores no corpo, chegando ao hospital de Piancó, dona Josefa disse que, foi bem atendida pelo médico Dr. Iclênio.

Piancó1