Prefeito de Piancó não paga aluguel de Imóvel e proprietário manda despejar.

Fonte: Piancóinfoco
No referido imóvel estava funcionando o NASF

De acordo com as informações de algumas fontes, o referido imóvel com localização (próximo ao Centro Hospitalar de Piancó) pertence ao Agropecuarista Adailton Querubino e desde então havia sido alugado a Prefeitura de Piancó para o funcionamento do NASF – Núcleo de Atenção à Saúde da Família, como o prefeito há mais de um ano não realizou nenhum pagamento do aluguel, o proprietário no seu direito mandou que fosse retirado todos os pertences e que lhe fosse devolvido o mais breve possível o imóvel, pois além de não ter recebido o aluguel como fora combinado com o prefeito o seu imóvel estava sendo descuidado. O despejo se deu na tarde de ontem por volta das 15h.

Temos visto diariamente nos noticiários, gestores sendo julgados e até condenados por improbidade administrativas, malversação de verbas públicas, inserção de dados, quadrilha e outros crimes administrativos. Nos Sertões mais distantes do mar, com poucas ou sem prioridades, a espera pela “Deusa” (da Justiça), é mais lenta; de olhos vendados, as raízes da miséria política parece escapar do seu olhar; e sempre cabe recurso!

Contrariando os princípios éticos, morais e políticos, muitos dos prefeitos que aí estão, administram os bens do Município como sendo um negócio rentável, ou seja, visando lucros; uma prática criminosa, corriqueira e subjugada ao seu deleite; e esses crimes se arrastam diariamente gerando assim a miséria da população e a degradação social.