Advogada requisita imagens de câmeras do Fórum Criminal para comprovar ameaças de aliados de RC

Segue rendendo a tumultuada audiência, no Fórum Criminal, dessa segunda-feira (dia 28). A advogada Laura Berquó, depois de notificar o Ministério Público do Estado de ter sido vítima de constrangimentos e ameaças da parte do radialista Diego Lima e a ex-vereadora Paula Frassinete, decidiu requisitar da direção do Fórum as imagens das câmeras de segurança.

“Eu fui constrangida, humilhada e ameaçada por essas pessoas, que foram ao Fórum com o único intuito de me intimidar, em companhia de Diego Lima, então é preciso que a Justiça tome conhecimento dos fatos para que providências sejam tomadas, afinal a Justiça tem obrigação de garantir a integração moral e física das pessoas em audiências nas suas dependências”, afirmou Laura.

Como resultado de sua declaração junto ao Ministério Público do Estado, a promotora Ana Maria França, coordenadora do NCAP (Núcleo de Controle Interno da Atividade Policial), notificou a 2ª Delegacia Distrital, para que providências imediatas sejam tomadas para investigar o ocorrido nas dependências do Fórum Criminal.

Ação – A audiência dessa segunda-feira tratou de uma ação movida pelo radialista contra Laura, após Laura postar em redes sociais e entrevista ao programa Intrometidos, que Diego Lima é um dos três autores da carta assinada por uma senhora contra o ex-arcebispo da Paraíba, Dom Aldo Pagotto.

Laura também acusou Diego de ter participado do Caso Bruno Ernesto. Mas, a ação que impetrou contra Laura versa apenas sobre o episódio envolvendo Dom Aldo.

Helder Moura