VEJA VÍDEO “Governador engole próprio vômito ao descumprir promessa de que acabaria com as perseguições”, diz Associação


A Assemp (Associação de Esposas, Mães e Pensionistas da PM) emitiu nota, esta manhã (sexta, dia 9), denunciando perseguições do governador Ricardo Coutinho a integrantes da Polícia Militar. Segundo Zoraide Gouveia, presidente da Associação, o “governador engole o próprio vômito ao descumprir outra de suas promessas ao dizer que acabaria com as perseguições na Paraíba”.

Em vídeo postado em redes sociais, Zoraide lembra promessa do então candidato Ricardo Coutinho, dizendo que, ao assumir o Governo, acabariam na Paraíba as perseguições aos policiais e bombeiros militares. As mais recentes perseguições do Governo RC são aos Cabos Gilberto Silva, que responde a quase vinte procedimentos, e Silvano Morais, Presidente da ONG Abolição Militar.

CONFIRA A ÍNTEGRA DA NOTA…

“Mais uma vez, o que já não nos surpreende mais, o senhor governador engole o próprio vômito ao descumprir outra de suas promessas ao dizer que acabaria com as perseguições na Paraíba, o que não está acontecendo.

O que vemos é a disseminação de sua maldade, principalmente contra os nossos maridos e filhos que integram a Briosa Polícia Militar, pois como já dissemos anteriormente, as perseguições são constantes contra um ou outro policial militar, que não conformado com o tratamento que lhes sãos dispensados buscam de uma forma ou outra, direitos seus e de seus companheiros, sofrendo com isso represálias sempre baseadas em um regulamento e um código penal militar, arcaicos, que ultrapassados, ferem frontalmente a Constituição em vigor.

Que os digam os bravos e aguerridos Cabos Gilberto Silva, que responde a quase vinte procedimentos, e Silvano Morais, Presidente da ONG Abolição Militar, entre outros tantos, que também respondem a procedimentos administrativos por simplesmente, dentro do respeito e da legalidade, lutarem por direitos e expressarem suas opiniões.

Nós que fazemos a Associação de Esposas, Mães e Pensionistas de PMs e BMs da Paraíba apelamos para que as Comissões de Direitos Humanos da OAB e da Assembleia Legislativa intercedam e façam prevalecer o que está na Portaria Interministerial nº 2 de 15 de dezembro de 2010, que Estabelece as Diretrizes Nacionais de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos dos Profissionais de Segurança Pública.

Não vamos no calar nem nos intimidar com perseguições feitas aos nossos maridos e filhos, pois cada tentativa será mais um ingrediente de força para buscarmos os direitos deles, direitos esses que também são nossos e não abrimos mão, motivo pelo qual a ASSEMP mais uma vez repudia os atos do Excelentíssimo Sr. Governador deste Estado da Paraíba, através do Sr. Comandante Geral da Polícia Militar, que já contaminado com o vírus da maldade vem constantemente perseguindo através de procedimentos diversos, os nossos maridos e filhos, numa clara demonstração de abusá-los emocionalmente para desencorajar os demais.

Fica aqui o registro do nosso repúdio.”

CONFIRA O VÍDEO DO GOVERNADOR PROMETENDO ACABAR PERSEGUIÇÃO A SERVIDORES…


Do heldermoura.com.br