Vítimas de acidente registrado próximo a Patos vinham de uma festa e não usavam cinto de segurança, diz PRF

Vítimas com cinto.jpg
Uma pessoa morreu e outras três ficaram feridas, duas com lesões graves, depois de uma batida de frente entre dois carros, na manhã desta quarta-feira (21), no distrito de Santa Gertrudes, próximo a Patos.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, os dois veículos seguiam na mesma direção, quando em um trecho da BR 230, o motorista do Cruiser colidiu violentamente na traseira do veículo modelo Nissan.

Com o impacto, o carro caiu embaixo de uma ponte e dois dos passageiros que estavam no veículo foram arremessados para fora. O outro carro ficou atravessado na pista.

Testemunhas informaram a PRF que o veículo modelo Cruiser estava em alta velocidade e fazendo ultrapassagens perigosas no trecho.

Segundo o inspetor Éder Romme, os ocupantes do veículo Cruiser estavam com pulseiras de identificação de um evento junino. Rommel ainda destacou que as vítimas não estavam usando cinto de segurança: “Das três vítimas que estavam no veículo, três foram encontradas fora do carro, o que indica que estavam sem o cinto. Além disso, todos os três ocupantes do Cruiser estavam com pulseiras de evento, e aí fica o questionamento se o motorista havia ingerido bebida alcoólica, já que não há evento dessa natureza no período da manhã, o que indica que eles provavelmente passaram a noite em uma festa”, frisou.

Rodrigo Barbalho, natural de Mossoró, morreu no local. Cintia Maria foi socorrida e permanece internada em estado grave no Hospital Regional de Patos. Outro ocupante do veículo foi socorrido com ferimentos leves.

O laudo que deverá apontar as causas do acidente deverá ser concluído em 60 dias.

Fonte - maispatos.com